11 de março de 2014

Maternidade Ativa: vencendo os obstáculos da amamentação nos primeiros dias...


Conheça a emocionante história desta mãe de primeira viagem que, vencendo os obstáculos para amamentar o próprio filho nos primeiros dias, acabou sendo 'mãe' de outros tantos bebês!!! Ela saiu do total desamparo, acreditando não ter leite e ser incapaz de alimentar o próprio filho, sentindo-se culpada e cobrada para..... virar doadora de Banco de Leite!

<3



Eu quero dividir com vocês minha vivência sobre amamentação. Quando meu filho nasceu, há seis meses atrás, assim que saí do centro cirúrgico e fui pro quarto da maternidade foi uma dificuldade enorme conseguir amamentá-lo! O bico do meu seio era invertido e ele não conseguia fazer a sucção.

Nenhuma profissional da área médica soube me explicar algo simples como massagem ou drenagem no seio, por exemplo. Elas apenas diziam: “você vai ter que dar de mamar”. A aquilo me batia um desespero. Nem elas sabiam passar alguma informação sobre aleitamento porque tudo que faziam era apertar meu seio com força. Até quase ficar roxo!



Após a alta do hospital, cheguei em casa e nada de conseguir amamentar. A esta altura, eu já estava sofrendo. Até que recebia uma ligação da Izabela Texeira, Doula da Belloparto. Eu não me aguentei e comecei a chorar dizendo que não tinha leite, não conseguia amamentar... ela foi lá em casa na hora, mesmo estando há poucas horas de um compromisso de viagem.

Ela drenou o leite represado, massageou minha mama, me ensinou a fazer a ordenha manual e foi então que percebi, pra minha completa surpresa que: Sim! Eu tinha leite, e muito! Mesmo com muita gente me mandando desistir e dar leite artificial, eu consegui e a amamentação se estabeleceu!

Meu marido também foi de suma importância, com sua paciência e amor, me apoiando sempre. Finalmente meu bebê estava ganhando 45 gramas por dia! Os dias foram se passado, o Ben engordando sempre e, ainda assim, a produção de leite era tanta que decidi doar ao Banco de leite da minha cidade, em Porto Velho.

Atualmente, estou doando leite materno já há 6 meses e, nesse sábado, dia 8 de março, veio aqui em casa uma senhora do banco de leite, responsável por pasteurizar o leite. Ela me disse o seguinte depoimento:

"É você que é a Talita? Eu tinha que te conhecer pessoalmente, sou eu quem cuido do leite que você doa, quero lhe falar que o seu leite é um do melhores que recebemos, os bebês que tomam seu leite engordam muito, você tem 18 filhos (!) todos eles estão ficando gordinhos e saudáveis. Quero lhe dizer você é uma salvadora de vidas. Inclusive, temos uma mãe HIV positivo que não pode amamentar, mas o bebê dela tá engordando com seu leite. Obrigada"

Eu comecei a chorar, muito emocionada com tudo que ela disse. E ela: “não chore, senão eu choro junto”... e choramos, as duas!

Hoje (11/03/2014) meu bebê completa 6 meses de aleitamento materno exclusivo! Pra mim foi muito bom e realizador. Espero que esse meu depoimento fique como incentivo ao aleitamento materno e que as mães não desistam. No comecinho não é simples amamentar, mais é maravilhoso!

   
Talita Santana tem 28 anos, mora em Porto Velho 
e é mãe do Benjamin de 6 meses de idade . 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...